dinheiro importando dos EUA

Como Importar Produtos dos Estados Unidos Sem Sair do Brasil?

Neste post você vai descobrir que sem sair de casa é possível seguir o passo a passo de como importar produtos dos Estados Unidos.

Nada melhor do que saber os meios mais baratos sobre como importar produtos dos Estados Unidos aí no conforto da sua casa, sem burocracia e com máxima economia.

Economizar na hora de importar produtos dos Estados Unidos é importante em principal para quem quer comerciar depois no mercado brasileiro a preços mais baixos que a média do varejo nacional.

Peritos em como importar produtos dos Estados Unidos legalmente sabem que existem duas formas para realizar as operações: A cara e a barata.

Métodos Caros deComo Importar Produtos dos Estados Unidos

O primeiro método mais caro de importação dos Eua se trata do modo formal de abertura de empresa, que acompanha a contratação de contadores e despachantes aduaneiros para se adequar às conformidades legais.

Neste método você deve comprar online e combinar com os vendedores dos Estados Unidos detalhes da importação: Quem paga as taxas? Quando os produtos chegam no Brasil? Onde estocar? Como vender? Formas de envio?

Até que vale a pena para quem já tem pelo menos 100 mil reais disponíveis na conta corrente para se aventurar no mundo das importações, mas do contrário não é viável.

O segundo meio de como importar produtos dos Estados Unidos mais caro é seguir aquela velha receita antiquada, que encarece o processo de uma forma perigosa, ao ponto de você ter problemas para competir na hora de vender.

1: Cartão de crédito viável para compras internacionais;

2: Compras em sites como: Alibaba, Wall Mart, Aliexpress, VAT19, Think Geek, Gear Best, Amazon, entre outros.

3: Como as lojas americanas não entregam ao Brasil, é preciso encaminhar para um redirecionador de compras nos Estados Unidos (e pagar taxas elevadas);

4: Receber em casa ou enviar direto ao cliente os produtos enviados pelos redirecionadores, tais como Shipito, por exemplo.

Como Importar Produtos dos Estados Unidos com Meios Mais Baratos?

Para comprar Iphone, Playstation ou outros produtos tecnológicos, acesse sites de lojas paraguaias vendedoras apenas de produções originais norte-americanas, sem dúvidas uma das melhores formas de como importar produtos dos Estados Unidos.

Após realizar as compras internacionais, ao invés de redirecionar produtos aos redirecionadores você deve encaminhá-las para um freteiro de confiança, e, assim, baratear a importação em até 80% ao comparar à operação direta dos Estados Unidos.

Contudo, compre nos sites do Peru se você quer roupas das marcas americanas originais mais famosas, pois lá existem muitas indústrias dos principais selos da moda nos Estados Unidos.

No curso Segredos Sobre Importação você aprende todos os modos mais seguros e baratos de como importar produtos dos Estados Unidos sem sair do Brasil.

Como importar iphones

Agora eu vou lhe mostrar um como importar produtos muito complicados  quando comecei nesse mercado era quase impossível de se trabalhar, mas hoje em dia é maior sucesso de vendas, que são os iphones novos e usados.
Eu vou mostrar para vocês quanto sai um iphone importado entregue na sua casa sem tributo, e, quanto ele custa aqui, e, até por quanto você pode vender, e, onde estão os lugares legais para você oferecer esse produto.
Eu vou mostrar na tela do computador a tabela de preços, e comparar com as lojas do Brasil e dar dicas de como você pode vender e receber pelos produtos.

Esse mercado não para, Iphone chega a ser um investimento no Brasil hoje em dia, é uma marca que não para e a cada lançamento deixa as pessoas mais ansiosas para comprar o novo, vejam o poder disso, a marca faz que as pessoas sonharem em comprar os produto deles,Mas, vamos lá que tem mais uma dica para vocês que eu descobri e agora vou explicar.

Pessoal, eu sou um fanático por videogames novos e antigos. Sou colecionador e eu comprava muitas fitas no Mercado livre. Comecei a perceber que muitas pessoas estavam vendendo games e os preços não paravam de subir. Como tinha conhecimento sobre importação fui buscar os preços lá fora, no principal site de vendas do mundo, o EBAY… Pimba!!!
Não deu outra! Eu vi que os preços das fitas de Super Nintendo, Mega Drive, entre outros games, estava praticamente 3 vezes mais baixo do valor cobrado no Brasil. Pode até ser um produto usado e você não precisa pagar caro para anunciar no ML, porque um anuncio diamante que seria o melhor hoje em dia custa 16% do valor da venda do produto, então pense você deixa 16% o valor do seu lucro só para a plataforma de vendas.
Por que o valor desses produtos não está na quantidade e sim na raridade?

Curso como importar produtos

Olá, muito prazer, eu sou o Samir Campos, fundador do treinamento Segredos Sobre importação 3.0.

Nessa pequena série de 3 vídeos eu vou lhe dar dicas importantes sobre o mercado de importação e de compras e vendas de produtos na internet , tudo aquilo que a maioria das pessoas não ensina.

Eu vou lhe apresentar um método em que você pode você vai aprender como importar produtos caros como relógios ou iphones, sem ser tributado, e, fazendo algo que poucas pessoas sabem fazer no Brasil.

Eu sei que isso pode parecer bom demais para ser verdade, mas imagine você podendo comprar produtos caros como iphones ou relógios Invicta, que é uma das marcas do momento no Brasil, evitando os tributos o grande inimigo dos importadores.

E você vai poder fazer tudo isso, assim como fazem essas pessoas especialistas em importar produtos.

Nem tudo na minha vida foi positivo.

Eu estou no Mercado de Importação praticamente a 5 anos.

Passei por todas as variações do dólar possíveis e imaginárias, até à baixa do dólar que foi R$ 1.65, e a mais alta, que chegou a R$ 4.30, mas mesmo assim consegui ficar no mercado e garantir minhas vendas apenas mudando de estratégia ou produtos.

Conforme eu adquiri a minha experiência na área eu vi o quanto esse mercado evoluiu. E hoje em dia está ficando cada vez mais forte.

Eu era assim como você ou outras pessoas que estão assistindo esse vídeo, que trabalha e não está satisfeito com o salário ou pior, eu estava desempregado e cansado de trabalhar para os outros.

Eu tinha acabado de ser demitido de uma loja de roupas onde trabalhei por dois anos por um salário baixo, vergonhoso, sendo forçado a atingir metas de vendas ridículas, competindo com dez ou mais vendedores

Quando eu não atingia as minhas metas o meu salário não chegava a mil reais, isso mesmo, nem mil reais para trabalhar todo dia, das 8:30 da manhã até as 6 da tarde, pegando trânsito e aguentando chefes estressados. Eu não estava mais aguentando toda aquela pressão, e por 3 meses seguidos não consegui bater minhas metas e fui demitido, ai que eu fiquei mais arrasado ainda, mas algo dentro e mim acreditava que coisas boas iriam acontecer.

Além da minha tristeza por estar desempregado, eu ainda acabei sendo rejeitado em entrevistas de emprego.

Importar produtos sem ser tributado

A alguns anos atrás, importar produto não eram tão comum, então com algumas dica bem simples era fácil driblar os tributos e até mesmo nem ser tributado, uma delas era o fornecedor mandar a caixa para seu endereço como GIF “Presente” e declarar que a mercadoria menos que 50 dólares.

Com o aumento de pessoas importando produtos, a alfandega começou a ficar mais rígida nesse processo, e quando chega uma caixa de um tamanho maior eles logo passam no raio X para ver se contem algum tipo de eletrônico dentro ela, que o valor é bem mais caro.

Assim as pessoas começaram a ser 90% das vezes tributados e muitos que mandavam relógios ou eletrônicos corriam o risco até de perder a mercadoria, e isso vinha acontecendo com frequência até que muitas  pessoas pararam de importar por esse motivo.

Mas importar roupas ainda vale muito apena pois a alfandega não sabe o valor real os produtos, então é só o fornecedor tirar as etiquetas de  preço que mesmo com o tributo ainda vale muito apena importar.

Mas como importar produtos sem tributo?

Hoje em dia existe algumas empresas que fazem o transporte eu conheço uma modalidade que seria o frete por quilo, esse serviço vale muito para celulares e relógios, especialmente para produtos de um  alto valor.

O serviço é um pouco mais caro que um frete tradicional, mas chega sem tributo para você e produtos como iphones e relógios vale  muito apena por ser caro, nesse serviço você paga o preço por peso, exemplo se um notebook pesar 2 quilos você vai pagar o valor multiplicado em 2 entendeu?  Mas a maioria das pessoas andam importando celulares e relógios, pois são produtos caros e com muita procura aqui no Brasil e quem trabalha com roupa continua mandando pelo frete tradicional que ainda vale muito apena que seria o priority mail.

Segredo sobre importação funciona

Como Curso Segredos sobre Importação Funciona?

Curso Segredos Sobre Importação de Samir Campos tem uma série de vídeos que ensinam o passo a passo para aprender a importar produtos com custos baixos na importação.

Segundo especialistas, o curso de Samir Campos ensina a importar com até 70% a menos de custos ao comparar às outras metodologias ensinadas online para importação de produtos e revenda.

Então, ao seguir as indicações do aprendizado, você deixa de ser alguém que não sabe nem por onde começar as importações para se tornar quase um especialista na área.

Aprenda como importar produtos legalmente, sem gastar muito dinheiro com excessos de tributações, burocracias, entre outras barreiras que quase sempre atrapalham as pessoas no início da vida como importadores de sucesso.

Após compreender o que fazer para importar, você de brinde aprende as técnicas menos custosas para revender os produtos importados online, aumentando assim a margem de lucro para cada venda.

Essa é a missão o Segredo Sobre importação, ajudar as pessoas que buscam uma renda extra, ou mesmo estão desempregadas e procuram um novo trabalho,  esse plano B pode já ajudou mais de 2 mil pessoas, e você pode também aprender isso.

Melhores Dicas e Atalhos para Importação

Com as dicas de Samir Campos, além de importar barato, você também recebe indicações de:

  • Fornecedores de lojas online a custos baixos;
  • Redirecionadores de compras internacionais
  • Fornecedores que cobram a entrega de frete por quilo (importação sem tributos);
  • Freteiros com preços especiais;
  • Fornecedores brasileiros de produtos importados a preços de atacado;
  • Entre outros macetes para importar com menos custos, sem dor de cabeça.

Como fazer inscrição no Curso Segredos Sobre Importação?

Só existe um pré-requisito básico para se inscrever no Curso Segredos Sobre Importação: conhecer a língua portuguesa.

Se você entende português já pode se considerar uma pessoa apta a se inscrever no curso e transformar a própria vida ao iniciar o próprio negócio sobre importação e vendas de produtos importados pela internet.

Importar roupas dos Estados unidos

Atenção: Clique aqui e leia o Texto que revela os melhores métodos de como importar roupas dos Estados Unidos.

Melhores maneiras de importar roupas dos Estados Unidos

1: Paraguai – Quem disse que você precisa visitar sites de lojas americanas ou ir até os Estados Unidos para importar roupas de lá.

Nas lojas paraguaias existem diversas roupas importadas dos States em grande quantidade e com preços muito inferiores do que no Brasil. Sem contar que a entrega acontece por um preço mais barato do que as compras nos Estados Unidos.

2: Fornecedores Nacionais – Existem empresas que trabalham de modo específico com o fornecimento de roupas americanas para compradores dispostos a revender no mercado nacional. Neste caso busque apenas os serviços de profissionais confiáveis.

3: Personal Shopper – Consiste no profissional residente nos Estados Unidos que realiza as compras aos compradores do Brasil e depois envia tudo de uma vez, com menos taxas do que o processo de compra convencional.

4: Shipito – A escolha certa para compras em lojas norte-americanas que não entregam os produtos no Brasil. Funciona como uma espécie de correio eletrônico que envia o lote aos compradores brasileiros de uma forma totalmente segura.

5: Comprar nas lojas – É o método mais básico de realizar as compras. Com uso de cartão de crédito internacional você faz a aquisição e espera a entrega dos lojistas. Representa um processo com menos intermediários possíveis.

Enfim, estas são as melhores maneiras de importar roupas dos Estados Unidos. Agora é só escolher um método e ir às compras.

Todos os vendedores que desejam vender com sucesso já pensaram pelo menos uma vez na vida nas melhores maneiras de importar roupas dos Estados Unidos para comerciar na Terra Natal.

Contudo, preços elevados nas taxas e falta de conhecimento representam as duas grandes barreiras capazes de afugentar até investidores que aceitam riscos para ter chances de lucrar alto.

Mas, esta pode não ser uma barreira na sua vida, desde que você confira a seguir os 5 melhores métodos para importar produtos dos Estados Unidos, tais como roupas.

Vale a Pena Importar dos Estados Unidos

rém, a dúvida de que vale a pena importar produtos dos Estados Unidos aumentou por causa da eleição de Donald Trump, um empresário famoso que promete entrar na Casa Branca e tomar medidas protecionistas para salvar a economia norte-americana.

Como se sabe, medidas protecionistas são tomadas com uma visão ideologicamente conservadora, não liberal e sem estímulos para a globalização.

Neste cenário, alguns investidores pensam que pelo menos pode ser um pouco mais difícil de fazer importação dos Estados Unidos para revender na época Trump do que no tempo dos democratas em ascensão. Mas, isto é verdade ou intriga da oposição?

As exportações devem receber apoio do governo Trump?

Desde quando Trump chegou ao poder surgiu uma verdadeira avalanche de comentários de especialistas preocupados com a possibilidade da queda de exportações aos Estados Unidos, algo que interfere direto na dinâmica da economia global.

China, Rússia e outros países que têm negociações bilionárias com os Estados Unidos já se demonstram em público para fazer um certo tipo de pressão. Mas, Trump não mostra uma posição favorável ao mercado global.

Ao contrário, para Donald Trump o grande problema dos Estados Unidos nos dias atuais é o excesso de globalização.

Se as ameaças do magnata presidente dos Estados Unidos se tornarem realidade muitos reveses em matéria de exportação podem acontecer nos países que dependem das vendas de produtos aos norte-americanos para prosperarem no ciclo da economia, tais como o Brasil, por exemplo.

Todavia, no primeiro semestre de 2017, enquanto Trump ainda não tomou decisões significativas para modificar o rumo da economia norte-americana e mundial, a grande parte dos analistas aposta na alta das exportações de produtos brasileiros para os Estados Unidos.

Problemas só aos Exportadores para os Estados Unidos

Contudo, estes problemas acontecem mais para quem depende das vendas à Terra do Tio Sam do que às pessoas com desejo de importar de lá.

Como Importar e revender

Como Importar Produtos para Revender Online em 3 passos

Veja em detalhes o passo a passo de como importar produtos para revender online e garantir lucro constante nas vendas.

Você quer saber como importar produtos para revender online e entrar nesta onda de sucesso que faz vendedores ganharem dinheiro da noite ao dia?

Então, você está no post certo. Confira em detalhes as dicas a seguir e vá fundo em busca do sucesso na área de importação e vendas na web.

1: Buscar Fornecedores Alternativos: Como Importar Produtos para Revender Online

Para realizar compras no mercado internacional, seja em sites que trabalham com outras moedas ou de forma pessoal, se faz preciso ter um cartão de crédito habilitado para compras globais.

Um dos produtos que mais vendem nos dias de hoje é a roupa, principalmente se for destas grandes marcas de sucesso.

Você pode até pensar em importar estes produtos em outlets direto de Miami, que por sinal tem ótimos preços à compra no atacado.

Mas, as lojas americanas não entregam compras à casa do comprador que mora no Brasil. Aí mora o problema.

Para receber estas compras você primeiro tem que encaminhá-las para um redirecionador caríssimo, que recebe os produtos no mercado internacional e envia à casa do comprador brasileiro.

Por este motivo não vale a pena fazer importação direto dos Estados Unidos ou da China se você quer se sobressair ao importar produtos para revender.

É muito melhor fazer o seguinte: Compre os produtos norte-americanos originais em mercados como Paraguai e Peru, pague quase o preço de atacado, encaminhe para freteiro baratinho e receba sem quase pagar tributações.

Importar do Paraguai ou Peru sai 80% mais barato do que importar produtos americanos e chineses de Estados Unidos / China – este é o puro verdadeiro segredo da importação.

2: Freteiros de Confiança

As compras nas lojas paraguaias ou peruanas devem ser feitas via internet, muito mais simples e rápido que ir aos países para importar.

Depois, encaminhe tudo para freteiros de confiança. Encontrar um pode até ter lá a sua dificuldade, mas você acha as melhores indicações de frete barato ao participar do curso Segredos Sobre Importação 3.0.

3: Anunciar Online para Vender

Depois que os produtos chegam do frete à sua casa a preços baixos você tem uma excelente margem para precificar abaixo do varejo e vender no Brasil.

É possível pagar um pouco para abrir e manter e-commerce, ou, vender produtos importados com simples anúncios no Mercado Livre ou Facebook.

Para descobrir métodos consagrados não apenas à importação como também vender produtos importados online você deve se inscrever agora no curso Segredos Sobre Importação 3.0 – metodologia que ensina como importar produtos para revender.

Como importar roupas da china

Como Importar Roupas da China?

Neste artigo você vai aprender formas detalhistas sobre as melhores maneiras de como importar roupas da China para revender no Brasil.
Como importar roupas da China para uso próprio ou revenda? Esta é uma pergunta frequente entre pessoas com desejo de abrir e-commerce de vestuários das marcas mais famosas, tendo em vista que muitos vendedores registram vendas recordes a cada nova temporada.
Interessante notar que existem pelo menos 3 formas de como importar roupas da China. Abaixo você acompanha em detalhes cada uma destas maneiras à importação dos vestuários chineses.

1: Importar Direto da China

Para seguir as indicações de como importar roupas da China direto você pode ir ao território chinês para negociar pessoalmente, ou, comprar diretamente dos sites de compras globais repletos de vendedores chineses, tais como Alibaba.com, por exemplo.
É muito mais fácil importar da China direto pela internet. Mas, para isto se faz preciso abrir uma conta no Shipito (ou, outro redirecionador) para redirecionar a compra do mercado chinês ao brasileiro.
Convém indicar que o governo brasileiro possui certo controle para a entrada das roupas chinesas no Brasil.
Além de pagar os impostos, também é preciso ter uma licença concedida pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), o que pode ser conquistado com serviços de despachantes aduaneiros.
Importar direto da China é um método custoso e demorado para comprar roupas chinesas. Mas, existem outras formas mais simples descritas a seguir.

2: Comprar Roupas da China de Fornecedores Brasileiros

No Brasil, precisamente na cidade de São Paulo, se pode dizer que existem milhares de fornecedores de roupas chinesas, em regiões como Brás ou Rua 25 de Março.
Ao comprar direto dos fornecedores você realiza um procedimento muito mais barato do que importar da China, principalmente por não precisar pagar custos com impostos.
Alguns fornecedores entregam inclusive as compras na porta da casa ou empresa dos vendedores, barateando o processo de como comprar roupas da China.

3: Adquirir em Países Alternativos que Vendem Roupas Chinesas

Você pode não saber, mas países como Paraguai e Peru (próximos às fronteiras com o Brasil) também fornecem roupas chinesas a preços no final das contas mais baratos do que uma importação direta da China.
Neste método a compra também ocorre tanto online como offline.
Aprenda Como Importar Roupas da China Facilmente
Aprenda a usar qualquer uma das melhores formas de como importar roupas da China ao participar do curso Segredos Sobre Importação 3.0, de Samir Campos.

Como importar roupas legalmente

É sim possível importar roupas legalmente para depois revender sem dor de cabeça ou excesso de gastos. Mas, você deve seguir o método mais indicado e barato, evitando os conselhos que podem tirar o seu negócio dos caminhos do sucesso.

Embora pareça muito simples e prático, esta forma de atuar se trata da pior escolha que você como importador de sucesso pode realizar na sua vida.

Primeiro, você não tem contato com ninguém. Tanto a loja como os sites redirecionadores de endereços funcionam tudo no automático, além de terem o estereótipo de sempre cobrar preços altos para realizar os serviços.

Este método contraindicado pode encarecer a importação ao ponto de ser impossível vender o produto importado a preços inferiores do varejo tradicional, algo importante para quem quer concorrer com chances de vencer.

Não se pode ignorar ainda o problema que importadores possuem por causa do uso de dropshipping (vender antes de ter o produto em estoque), que se trata de uma prática ilegal e pouco segura.
Método Indicado de Como Importar Roupas Legalmente
Ao invés de fazer todo este processo de importação descrito acima você deve realizar algo muito mais simples: Buscar fornecedores de produtos importados situados no Brasil ou contratar os serviços de freteiros ao importar roupas dos Estados Unidos originais de países como Paraguai ou Peru.

Mas fique muito atento, países como peru tem uma grande concentração de vendas de replicas de 1° linha, como a matéria prima deles é uma das melhores do mundo, eles vendem as roupas falando para seus clientes que são originais e na verdade são replicas. Nos Estados Unidos não temos esse problema, a lei lá é muito rígida e que fabrica ou vende replica vai para cadeia, esse é um dos motivos que as caixas de produtos passam mais tranquilamente pela alfandega do Brasil do que de países como Peru ou China.